Palestra Confirmada! Maria Elizabeth F. Correia

A Drª Maria Elizabeth possui graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991), mestrado em Ecologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e doutorado em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2003). Atualmente é pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em fauna de solo, atuando principalmente nos seguintes temas:Recuperação de áreas degradadas, Ecotoxicologia de solos e Agroecologia. A Drª Maria Elizabeth é revisora dos seguintes periódicos: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Floresta e Ambiente, Revista Ciência Agronômica (UFC), Revista Brasileira de Zoologia e Ciência Rural (UFSM). Também é revisora dos seguintes projetos de agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Fundação Carlos Chagas Filho (Estado do RJ) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Como resultado de suas pesquisas a Drª Maria Elizabeth publicou (56) Artigos completos em periódicos, (7) Trabalhos completos em anais de congressos, (28)Resumos publicados em anais de congressos, (2) Artigos aceitos para publicação, (7) Outras produções bibliográficas, (5) trabalhos técnicos, (19) Demais tipos de produção técnica e (16) Demais trabalhos. A Drª Maria Elizabeth possui graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991), mestrado em Ecologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e doutorado em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2003). Atualmente é pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em fauna de solo, atuando principalmente nos seguintes temas: Recuperação de áreas degradadas, Ecotoxicologia de solos e Agroecologia. A Drª Maria Elizabeth é revisora dos seguintes periódicos: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Floresta e Ambiente, Revista Ciência Agronômica (UFC), Revista Brasileira de Zoologia e Ciência Rural (UFSM). Também é revisora dos seguintes projetos de agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Fundação Carlos Chagas Filho (Estado do RJ) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Como resultado de suas pesquisas a Drª Maria Elizabeth publicou (56) Artigos completos e periódicos, (7) Trabalhos completos em anais de congressos, (28)Resumos publicados em anais de congressos, (2) Artigos aceitos para publicação, (7) Outras produções bibliográficas, (5) trabalhos técnicos, (19) Demais tipos de produção técnica e (16) Demais trabalhos

Palestra Confirmada! Maria de Lourdes M. Santos Brefin

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual do Maranhão (1986), Mestrado em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1990), Mestrado em Ciências Ambientais (Troisième Cycle) pela “École Polytechnique Fédérale de Lausanne”, Suiça (1995) e Doutorado em Ciências, Pedologia e Geomática (Doctorat ès Sciences en Pédologie et Géomatique) pela “École Polytechnique Fédérale de Lausanne”, Suiça (1999). Possui Pós-Doutorado pela The Sydney University, Austrália em Mapeamento Digital de Solos. É pesquisadora A da Embrapa, onde ingressou por concurso público em março de 1990. Na Embrapa Solos, liderou diversos projetos nacionais e internacionais de pesquisa, foi Supervisora de Inovação Tecnológica, Coordenou o Núcleo de Apoio a Projetos (NAP) e fez parte do Comitê Técnico Interno (CTI) e do Comitê Local de Publicação (CLPI). Organizau vários evento científicos nacionais e internacionais e, em 2009, por processo de seleção pública, assumiu o cargo de Chefe Geral da Embrapa Solos. Exerceu dois mandatos, no período de 2009 a 2011 e de 2011 a 2014. Em seguida, atuou como Articuladora Internacional da Embrapa Solos até 2016. Desenvolve pesquisas na área de Solos em interface com Geomática, especialmente nas áreas de Pedologia Quantitativa e Modelagem Solo-Paisagem através de Mapeamento Digital de Solos (MDS). Atua no âmbito internacional, participando e formando redes de pesquisas: é líder do pólo Latinoamericano do Consórcio Global em MDS e é membro da Aliança Mundial para o Solo da FAO e trouxe para a Embrapa Solos, a coordenação do Projeto de Cooperação Internacional FAO-EMBRAPA intitulado “Criação do Sistema de Informação de Solos da América Latina-Capacitação em MDS”, para treinamento e capacitação de técnicos da ALC em Métodos e Técnicas de MDS. Também coordena o Grupo de Pesquisa em Pedometria no âmbito do CNPq e coordenou e executou o projeto para formação da Rede Brasileira de Mapeamento Digital de Solos (CNPq-Edital Repensa). Participa em cursos de pós-graduação de diversas universidades, como palestrante, em bancas de defesa de teses e na orientação de trabalhos de graduação e pós-graduação. É membro da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo e membro de seu Comitê Editorial; da União Internacional de Ciência do Solo e atua como revisora ou consultora ad hoc para diversas revistas científicas nacionais e internacionais e fundações de fomento à pesquisa.Também orientou diversos estudantes de graduação e pós-graduação e tem atuado como palestrante no Curso de Formação de Diplomatas da Fundação Alexandre Gusmão do Itamaraty e da Escola Superior de Guerra, dentre outros. Representa a Embrapa em diversos fóruns nacionais e internacionais sobre Solos e, desde sua criação em 2013, é membro do ITPS – Intergovernamental Technical Panel on Soil da Aliança Mundial para o Solo (AMS) da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). No âmbito do ITPS, trabalhou com os demais especialistas, na construção dos Planos de Ação para os 5 Pilares da AMS, na carta Mundial de Solos e faz parte do Comitê Editorial do Relatório “State of the World Soil Resource Report – SWSRR”, que foi lançado pela FAO em 2015, em comemoração ao Ano Internacional do Solo. Seu mandato no ITPS foi renovado pela Assembleia Plenária da AMS, para o período 2015-2018, com o apoio da Embrapa, Sociedade Brasileira de Ciência do Solo e Ministério de Relações Exteriores. Com relação à produção científica,vale destacar, pelo número de citações e downloads, as seguintes publicações internacionais: artigo na Geoderma em 2003, intitulado “On Digital Soil Mapping” com mais de 1.400 citações na base Scopus; livro publicado pela Springer, intitulado “Digital Soil Mapping with Limited Data”, que alcançou um total de 52.300 downloads de capítulos, desde 2008, quando foi disponibilizado na internet. Hoje, após seleção, exerce o cargo de Chefe Geral da Embrapa Cocais no Maranhão

Palestra Confirmada! Luiz Fernando Carvalho Leite

Luiz Fernando Carvalho Leite possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal da Paraíba (1989), Mestrado em Agronomia (Ciência do Solo) pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1998), Doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Universidade Federal de Viçosa (2002) e Pós-Doutorado em Modelagem da Dinâmica da Matéria Orgânica do Solo pelo USDA/Agricultural Research Service (EUA, 2007). Pesquisador A da Embrapa e Professor Orientador dos Programas de Pós Graduação em Agronomia da UFPI e Ciência do Solo da UFPB. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Manejo e Conservação do Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: dinâmica e modelagem da matéria orgânica do solo, qualidade do solo e fluxos de gases de efeito estufa no sistema solo-atmosfera. Líder do Grupo de Pesquisa (EMBRAPA/CNPq) “Modelagem da dinâmica do carbono e de gases de efeito estufa em solos tropicais” e Consultor ad hoc CNPq/FAPESP/FAPEPI. É vencedor do Prêmio Jabuti de Literatura 2015 com o livro Agricultura Conservacionista no Brasil e Bolsista em Produtividade em Pesquisa do CNPq. Atualmente é Chefe-Geral da Embrapa Meio-Norte