Histórico

O Amazon Soil é um Encontro de Ciência do Solo da Amazônia Oriental, organizado pelo Núcleo Regional Amazônia Oriental de Ciência do solo que engloba os estados do Amapá, Maranhão, Pará e Tocantins. De ocorrência bienal, o evento é promovido pela Sociedade Brasileira de Ciência do Solo e visa difundir conhecimentos científicos em cidades afastadas dos grandes centros socioeconômicos, representados especialmente pelas capitais dos referidos estados.

O I Amazon Soil ocorreu em Gurupi-TO e foi realizado pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) e Universidade Estadual do Tocantins (UNITINS), no período de 18 a 20 de novembro de 2014. Durante o evento foram abordados diversos temas na área de Ciência do Solo, através de 12 palestras, apresentação e publicação de 26 trabalhos científicos.

O II Amazon Soil ocorreu em Capanema-PA e foi realizado pela Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), em parceria com a Prefeitura de Capanema, no período de 10 a 13 de agosto de 2016. O evento apresentou como temática principal “O solo como base do sistema produtivo sustentável na Amazônia” e englobou 11 palestras, apresentação de trabalhos científicos, 1 mesa redonda, 2 conferências e 2 visitas técnicas. Adicionalmente o evento incluiu o Fórum: “Desafios e oportunidades para o desenvolvimento de agronegócios no Pará”, o qual oportunizou espaço para políticos e estudiosos paraenses discutirem sobre o paradigma de potenciais do Pará no cenário brasileiro/mundial, com ênfase no uso racional do solo e abertura da fronteira agrícola estadual.

O III Amazon Soil ocorrerá na cidade de Chapadinha-MA e será realizado pelo Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da Universidade Federal do Maranhão (CCAA/UFMA) no período de 25 a 29 de março de 2018. O evento tem o objetivo de criar um espaço para a divulgação e discussão de pesquisas, avanços e perspectivas em diferentes temas na área de Ciência do Solo, com vista à expansão da produção agrícola sustentável, do desenvolvimento socioeconômico aliado à qualidade ambiental no estado do Maranhão. O tema proposto para o evento é: “O solo e o seu papel na sustentabilidade dos agroecossistemas”, o qual tem por finalidade definir conceitos e tecnologias que possam agregar qualitativamente e quantitativamente na agricultura realizada, ou seja, focar na utilização do solo como meio sustentável e potencializador de produtividades, com respeito ambiental. Para isso, estão previstas 13 palestras, com pesquisadores de diversos estados do Brasil; apresentação de trabalhos científicos e uma visita técnica.